A importância da alimentação saudável na infância

October 18, 2017

 

 

Todo mundo sabe, que a alimentação saudável é importante desde cedo, pois ela é fundamental para manter uma boa qualidade de vida e prevenir infecções e doenças na vida adulta. Por esse motivo, a alimentação saudável na infância é muito importante para o crescimento e desenvolvimento das crianças nos primeiros anos de vida, sendo assim, é fundamental que os pais contribuam para a educação alimentar de seus filhos.

Manter uma alimentação saudável nessa fase da vida, alimentacao-na-infanciaé garantia de um desenvolvimento físico e intelectual mais saudável. Por isso, ao consumir os alimentos certos nessa fase é possível prevenir uma série de problemas comuns da infância como a desnutrição, anemia, obesidade, entre muitos outros.

Crianças de todas as idades precisam consumir diversos tipos de alimentos para terem uma boa qualidade de vida, mas principalmente alimentos ricos em proteínas e cálcio, já que ajudam no crescimento saudável. Alguns dos alimentos ricos em proteínas e cálcio que são essenciais na alimentação infantil são: Carnes, peixes, ovos, feijão, açaí, leite, queijo, manteiga, sardinha, espinafre, entre outros.

Mas, além do consumo de proteínas e cálcio, toda criança precisa comer vários tipos de frutas todos os dias. Isso porque elas são essenciais para uma alimentação saudável na infância, pois contêm muita água, fibras, vitaminas, sais minerais, frutose, carboidratos, gorduras e proteínas.

Além de fornecer uma série de substâncias importantes para o organismo das crianças, as frutas ainda possuem poucas calorias, são facilmente digeridas e proporcionam maior saciedade. Além disso, o consumo diário de frutas reduz as chances de doenças crônicas na infância e reforça o sistema imunológico. Também há evidências de que o consumo regular de frutas diminui o risco de diabetes e obesidade.

Precisamos considerar que antes de tudo, nos primeiros meses de vida, é importante que a criança se alimente o máximo possível do leite materno. A recomendação da Organização Mundial de Saúde é de que a amamentação seja exclusiva até o 6º mês de vida do bebê e continuada até os 2 anos ou mais, complementando a alimentação da criança.

Please reload

Mais Recentes

January 22, 2019

Please reload

Arquivo
Please reload

Tags
Please reload

Siga-nos!
  • Revista La Femme no Facebook
  • Instagram